Arquivo da tag: compras coletivas

clickon - top 50

ClickOn reassume a terceira colocação no ranking TOP 50 de compras coletivas

[adsense]O site ClickOn foi o grande destaque da semana ao reassumir a terceira colocação na lista dos 50 maiores sites de compras coletivas do Brasil e alcançar a posição 113  dos indicadores do site Alexa.com, que mostra estimativas de tráfego da internet.  Outros destaques importantes foram os sites Pesca Coletiva, que ocupou a sétima colocação, e também o site Citybest, que chegou na décima posição do Ranking TOP50 desta semana.

No topo do ranking, o site Groupon se mantém na liderança, com o site Peixe Urbano na segunda posição.

Nas demais colocações do ranking tivemos movimentações positivas dos sites: CupomNow que ganhou uma posição (+1) , Viajar Barato (+1), ClickVantagens (+1), Grupara (+1), Barato Coletivo (+2), Originália (+2), Clickcupom (+2), Compremos (+2), Magia de Ofertas (+2), Cidade OFF (+2), Expresso Urbano (+2), Panfleteria (+3), Uva Rosa (+4), File Urbano (+1), Bufú (+2), Menos Preço (+3), Hora Barata (+7) e o site Boa da Serra (+2).

No Ranking dos dez maiores agregadores, o site Saveme é o lider seguido do site Aponta Ofertas na segunda colocação e do site Radar de Descontos na terceira. A única movimentação com troca de colocações foi do site LigaOfertas, que passou da sétima para a sexta colocação entre os maiores sites agregadores de ofertas do Brasil.

Veja a lista com os 50 maiores sites de compras coletivas do Brasil:

 

a

Estudo aponta que Groupon atrai consumidores mais ricos

A Gfk MRI, companhia que faz estudos anuais com mais de 26 mil lares americanos sobre consumo e estilo de vida descobriu que usuários do site de compra coletiva Groupon pertencem a faixas com renda mais alta. Segundo o estudo, clientes do site têm duas vezes mais chance de pertencer a lares com renda anual de 100 mil dólares. Ainda, eles têm 73% mais chance de viver em famílias com renda anual maior do que  1 milhão de dólares.

A principal descoberta do estudo é que os mais abonados têm mais propensão a usar o Groupon para obter barganhas. Eles consideram preço mais importante do que marca no momento de fazer decisões de compra. Eles também são mais propensos a trocar de marca se puderem usar um cupom para obter desconto em um produto.

O estudo também aponta que mulheres usam mais o Groupon. No total, 76% dos usuários seriam mulheres. Na análise sobre faixa etária, descobriu-se que 38% dos clientes nasceram entre1977 e 1994, enquanto 29% nasceram entre 1946 e 1976.

Ao contrário do que sugere o senso comum, o estudo revela que mesmo os mais ricos estão buscando barganhas. Mais de 78% dos clientes do Groupon concordam com a frase “Preço é mais importante para mim do que nomes de marca.” O percentual é 11% maior que os não clientes que concordam com a afirmação.

O estudo, vale lembrar, diz respeito ao universo de consumidores americanos.

Com MarketWatch

 

quero2 e clickon no top 50

Quero2 e Clickon são destaques no ranking TOP50 de compras coletivas

[adsense]O sites Quero2 avança duas colocações entre os 10 maiores sites de compras coletivas do Brasil e recebe o destaque da semana ao lado do ClickOn, que após sair da terceira colocação dá sinais de que pode recuperar o posto em breve. O ClickOn está a apenas 3 posiçoes atrás do site Hotel Urbano, conforme os indicadores do site Alexa.

Na primeira posição do Ranking está o Groupon (52). Em segundo vem o Peixe Urbano (63) e na terceira colocação o Hotel Urbano, na posição 119 do alexa.

Nas demais colocações registramos avanços positivos nas colocações dos seguintes sites: PocaPlata (+2) , Queroemais (+1), Serra Ofertas (+4), Clickcupom (+1), Pata de Elefante (+2), Compremos (+7), Panfleteria (+2), Fileurbano (+2), UvaRosa (+2), Bufu (+6), Ofertas Classe A (+1), Palito de Dente (+7), Menos Preço (+6) e o site Kilouco (+5).

Com os Agregadores de Ofertas, mantém-se as primeiras colocações, com Saveme em primeiro, Aponta Ofertas em segundo e o site agregador Radar de Descontos em terceiro.

Veja todas as colocações no Ranking TOP50 dos sites de compras coletivas e os principais sites agregadores conforme os indicadores do site Alexa:

O que é Compra Coletiva?

COMPRA COLETIVA é um modelo de negócio baseado no ecommerce que busca vender produtos ou serviços por tempo limitado, através de ofertas com grandes descontos e limitados por um número mínimo e máximo de compradores do produto ou serviço.[adsense]Normalmente as ofertas de compras coletivas são lançadas com descontos acima de 50% e tem duração até 48 horas. As principais categorias das compras coletivas com maior volume de vouchers (cupons) comercializados são dos setores de Turismo e Viagens, Gastronomia (bares e restaurantes), beleza e estética, Serviços automotivos, produtos eletrônicos, informática, cursos e vestuário.

As compras coletivas segundo alguns estudiosos teve origem na China há mais de 10 anos, quando grupos de consumidores, classificavam um número x de empresas com preços atrativos para visitar. Marcavam uma hora e local para se reunir e então o grupo caminhava até as lojas da cidade com o objetivo de comprar determinado produto, barganhando os maiores descontos possiveis. Relatos informam que esses grupos chegavam com mais de 100 pessoas em frente as lojas, chamavam o gerente e negociavam na hora, por exemplo o menor preço de uma geladeira. Só fechavam a compra quando todo o grupo tinha suas aspirações de preço atendidas. Com a evolução da tecnologia do sistema de pagamentos e com a popularização da internet, este processo de negociação teve uma forte evolução, com o modelo de negócio criado pelo site Groupon, baseado na cidade de Chicago (EUA) no ano de 2008 e hoje presente em todo o planeta.

No Brasil o modelo das compras coletivas teve como pioneiro o site de compras coletivas Peixe Urbano, lançado no final do mês de março de 2010 na cidade do Rio de Janeiro. Segundo dados do Portal Bolsa de Ofertas publicadas no mês de outubro de 2011 o Brasil chegou a ter quase 2 mil sites entre sites com ofertas de compras coletivas e os chamados agregadores de ofertas que procuram reunir as centenas de ofertas de diversos sites num só lugar.

O mercado de compras coletivas já demonstrou sua força com investimentos bilionários dos grandes players como o Groupon, Living Social, nos Estados Unidos e Peixe Urbano, Groupon, Clickon e mais recente o Hotel Urbano aqui no Brasil. Um movimento de consolidação começou com maior força no inicio de 2012, com fechamentos dos sites aventureiros ou com deficiências estruturais e de investimento, e com a aquisição por parte dos maiores sites de alguns sites concorrentes, mas com força estratégica para o mercado.

O modelo de negócio representado pelas compras coletivas, está a cada dia absorvendo mudanças e inovações tecnológicas que deverão dar um novo tom para os próximos anos.
Para atender a constante busca por informações de como funciona o mercado de compras coletivas o Portal Bolsa de Ofertas lançou o E-book COMO CRIAR E GERENCIAR UM SITE DE COMPRAS COLETIVAS DE SUCESSO.

sou cliente vip groupon

Groupon lança programa para clientes VIP

Segundo o CEO do site de compras coletivas Groupon, Andrew Mason, os usuários e fãs dos superdescontos, poderão aproveitar alguns benefícios especiais ao optar pela assinatura premium com serviços VIP.

Lançado na região da cidade de Chicago nos EUA, o programa busca através de uma taxa de assinatura no valor de 29,99 dólares ao ano, oferecer algumas regalias interessantes aos amigos que não tiram o olho das ofertas do dia.

Com a assinatura do serviço VIP os usuários, terão alguns benefícios como: saber antecipadamente qual será a oferta do dia, bem como ter a chance de comprar ofertas já encerradas ou esgotadas.  Além disso caso o cliente VIP tenha perdido o prazo do cupom, esses compradores esquecidos ainda podem ter o dinheiro de volta na forma de créditos para comprar ofertas futuras.

Groupon não foi o primeiro a lançar um serviço premium. O site LivingSocial começou a testar durante a temporada de férias 2011, e cobra uma taxa de 20 dólares mensais em troca de um crédito de 25 dólares para promoções e acesso a ofertas que tenham expirado.

Que problemas poderia resolver? Poderia aliviar o conceito de “fadiga do negócio”, diz John Pletz gerente de negócios de Chicago. Com os e-mails transbordando ofertas nas caixas de entrada, pode levar os compradores freqüentes a esquecer-se sobre o encerramento das ofertas.

A novidade iniciada pelo Groupon nos Estados Unidos, devem acontecer em outros paises da Europa e Ásia nos próximos meses, incluindo o Brasil .  Para quem não vive sem dar uma espiada nas ofertas dos sites de compras coletivas, vai ter um incentivo a mais.

assembleia legislativa MS

Aprovado em MS projeto de regulamentação dos Sites de compras coletivas

Conforme decisão de hoje (28/02) da Comissão de Constituição, Justiça e Redação – CCJR da Assembleia Legislativa do estado do Mato Grosso do Sul , seis projetos tiveram parecer favorável. Entre as propostas aprovadas, a que disciplina a venda de cupons de produtos e serviços através dos sites de compras coletivas, teve unanimidade dos votantes.

O Projeto de Lei – PL 001/12, entre outras regras define que a hospedagens dos sites de ofertas para compras coletivas, sejam efetuadas por empresa com sede ou filial em território brasileiro. Veja outros itens da nova lei:

- As informações sobre a localização da sede física dos sítios de vendas coletivas e do telefone disponível para atendimento gratuito ao consumidor deverão constar na página principal da empresa na internet.

- As ofertas deverão conter, no mínimo, as seguintes informações em tamanho não inferior a vinte por cento da letra de chamada para a venda:
I – Quantidade mínima de compradores para a liberação da oferta;
II – Prazo para a utilização da oferta por parte do comprador, que deverá ser de, no mínimo,90 (noventa) dias;
III – Endereço, telefone e sítio eletrônico da empresa responsável pela oferta. A quantidade de clientes que serão atendidos por dia e a forma de agendamento para a utilização da oferta por parte dos compradores;

[adsense]- A quantidade máxima de cupons que poderão ser adquiridos por cliente, bem como os dias de semana e horários em que o cupom da oferta poderá ser utilizado. Caso o número mínimo de participantes para a liberação da oferta não seja atingido, a devolução dos valores pagos deverá se realizada integralmente em até 72 (setenta e duas) horas.

- As informações sobre ofertas e promoções somente poderão ser enviadas a clientes pré-cadastrados através do sítio e que expressamente autorizarem o encaminhamento para sua conta de correio eletrônico;

- Os impostos de competência Estadual e Municipal serão recolhidos na sede das empresas responsáveis pelo fornecimento do produto ou do serviço, independentemente da localização da sede do sítio responsável pela sua comercialização;

- Serão responsáveis pela veracidade das informações publicadas a empresa proprietária do sítio de vendas coletivas e o estabelecimento ofertante, respondendo solidariamente por eventuais danos causados ao consumidor;

- Aplica-se ao comércio coletivo eletrônico, no que couber, o disposto no Código de Defesa do Consumidor.

Para o relator da matéria, deputado Onevan de Matos, a medida se tornou necessária devido ao crescimento frenético dos sites de compras coletivas nos últimos anos.

Fonte: Assembleia Legislativa em MS
quero2 é destaque no top 50

Site de compras coletivas Quero2 é destaque da semana no ranking Top 50

[adsense]Entre os 10 maiores sites de compras coletivas, no decorrer da última semana,  apenas o site Quero2 teve ganhos de posicionamento ao chegar na décima colocação no ranking TOP50 que registra os 50 maiores sites de compras coletivas conforme os indicadores de posicionamento do site alexa.com

Na Liderança do Ranking está o site Groupon.  Na segunda colocação vem o site Peixe Urbano e na terceira posição está o site Hotel Urbano.

Nas demais colocações do Ranking registramos os ganhos positivos dos sites :  Grupara( +1p), Viajar Barato ( +2p), Mente Urbana ( +5p), Queroémais ( +4p), Pata de Elefante ( +2p), Magia de Ofertas ( +2p), Imperdível ( +2p), Serra Ofertas ( +3p), Local Club ( +1p), Hora Barata ( +3p), Compra Única ( +4p), Filé Urbano ( +2p), Bolsa de Vantagens ( +1p) e o site Compremos ( +1p). A estréia da semana no TOP50 ficou com a chegada do site Cesta Cheia na 47 colocação. O site TôSalvo retorna ao ranking na posição 50.

Entre os sites agregadores de ofertas que tem como primeiro colocado o site SaveMe,  encontramos a movimentação positiva do site Achar Descontos que ganhou uma posição ao chegar na oitava colocação da categoria.

Veja como ficaram os dados de posicionamento dos 50 maiores sites de compras coletivas do Brasil conforme dados do site alexa :

 

crescimento compras coletivas

Mercado de Compras coletivas cresce 7,5% em janeiro

O fechamento do mês de janeiro foi positivo para o mercado das compras coletivas, que mostrou crescimento de 7,5% no faturamento ao somar R$ 98,2 milhões diante dos R$ 91,4 milhões computados no mês de dezembro.  O maior faturamento do setor aconteceu em novembro passado com o montante de  R$ 114,6 milhões.

As informações são do Infosaveme, que acompanha mais de 400 sites de compras coletivas com ofertas regulares e que registraram em janeiro uma economia para os consumidores de R$ 186 milhões através de 12.624 ofertas com vendas de mais de 2,1 milhões de cupons com o ticket médio de R$ 46,37.

O aquecimento do setor nos primeiros meses do ano já era aguardado pelo mercado.  Segundo Heitor Chaves do Infosaveme, “É um bom começo para 2012. As expectativas são muito positivas para o desenvolvimento do mercado ao longo do ano, pois, ao mesmo tempo em que o setor passa por um amadurecimento, cada vez mais também descobre e se adapta a novos nichos”.

O setor representado por Hotéis e Viagens, teve uma leve queda em janeiro ao somar 31% do mercado, diante dos 34% do faturamento total alcançados em dezembro.  Na segunda colocação está a categoria de Produtos, com 20% e em terceiro lugar vem o setor de Saúde e Beleza com 18%, um pouco abaixo dos 19%  registrado no mês anterior.

Hotel Urbano ameaça o site Clickon, terceiro colocado no ranking de compras coletivas

[adsense]Registramos nesta edição do Top50, a maior aproximação até então do site Hotel Urbano em direção a terceira colocação do ranking dos 50 maiores sites de compras coletivas do Brasil, ocupada pelo site Clickon. Hoje o site Clickon ocupa a posição 103 dos indicadores de posicionamento do site alexa, enquanto o Hotel Urbano chega decididamente na posição 108. Portanto uma diferença de apenas 5 posições.

As duas próximas semanas serão decisivas. Apesar da proxímidade,  o Clickon ainda pode resistir. Tendo em vista que o grande fluxo das compras de cupons para as férias começam a diminuir a energia que move o setor de turismo, e que vinha alimentando o vigor do Hotel Urbano, a medida que se aproximam o início das aulas e o final de férias pra muita gente.

O site Groupon (46) é o lider na primeira colocação seguido do Peixe Urbano (60) na segunda colocação.

Nas demais colocações tivemos o crescimento positivo dos sites: Azeitona Preta que ganhou 6 posições no ranking (+6p), o site Grupara (+1p), Poca Plata (+9p), Caldeirão de Ofertas (+2p), Barato Coletivo (+2p), Originália (+2p), Clickcupom (+2p), Cidade Oferta (+2p), Localclub (+1p), Mente Urbana (+2p), Medadesconto (+2p), Uva Rosa (+3p), Wego (+1p), Bolsa de Vantagens (+4p), e Pata de Elefante (+4p). Registramos ainda a chegada no Top50 do site ClickBox na 49ª colocação.

Entre os agregadores que tem como lider o site Saveme, tivemos a movimentação positiva dos site Mardecupons que ganhou duas colocações. O site LigaOfertas também retorna a lista dos 10 maiores sites agregadores de ofertas.
Veja as demais colocações:

faturamento compras coletivas

Compras Coletivas tiveram queda de 20% em dezembro

Conforme dados do infosaveme o mercado de compras coletivas no mês de dezembro fechou com um faturamento estimado de R$ 91,4 milhões, representando uma queda de 20,2% em relação ao mês de novembro quando faturou R$ 114,6 milhões.

Nos dados de dezembro, os mais de 400 sites ativos acompanhados pelo estudo do infosaveme divulgaram 14.770 ofertas somando uma venda de 1,5 milhão de cupons, com um ticket médio de R$ 64,57. Representando uma economia de R$ 185 milhões aos consumidores e usuários dos sites.
Segundo Heitor Chaves, diretor do Saveme “ O ano de 2011 foi excelente para as compras coletivas, com a consolidação desse modelo de negócios, que caiu no gosto do brasileiro. Em dezembro houve uma desaceleração natural, pois os consumidores passam a dar prioridade para compras de natal, compromissos sociais e viagens” concluiu.

Como já era esperado o setor de Hotéis e Viagens, no periodo de férias, tiveram a maior participação entre os demais setores, representando 34% das vendas do mercado. Na segunda colocação esteve a categoria de Saúde e Beleza, com 20%. Em terceiro, e não menos importante ficou a categoria de Produtos com 18% do faturamento total do mercado de compras coletivas.

Fonte: Infosaveme